fbpx Skip to main content
Notícias

Indústrias e designers brasileiros ganham destaque na Semana de Design em Milão

Por junho 12, 2022No Comments

O design brasileiro está em destaque em Milão. Apresentando o melhor do mobiliário nacional e do design integrado à indústria brasileira, o País está representado pela décima edição no Salone del Mobile.Milano e pela sétima vez no Fuorisalone, que integram a Semana de Design de Milão, que se encerra hoje na meca do design mundial.

As atividades são encabeçadas pela ApexBrasil – Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos, incluindo 39 empresas e 24 designers participantes das ações do Projeto Setorial Brazilian Furniture, realizado pela Abimóvel – Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário em parceria com a agência.

“Design Tranforma Milão” é o título do evento organizado pela primeira pela Abimóvel como parte do circuito oficial de eventos do Fuorisalone. Contêineres envidraçados dispostos sobre um gramado verde com jardins – em alusão a uma praça brasileira – convidam os visitantes a conhecerem produtos criados e desenvolvidos por 21 fabricantes de móveis e designers do programa Design Brasil + Indústria. Os designers ficaram imersos nas indústrias  para entenderem a cultura da empresa, e as melhores peças foram levadas a Milão. Elas foram organizadas em formato de exposição, sob a curadoria do escritório de arquitetura e design de interiores Moreira do Valle.

A instalação ocupa a Piazza Santo Stefano 12 N 04, entre a Università Degli Studi di Milano e o Duomo di Milano, uma das regiões mais atrativas para o turismo e representativas para o design e a arquitetura milanesa. Além das peças criadas por intermédio do programa, o espaço celebra também a cultura e o saber brasileiro, além de matérias-primas genuinamente nacionais.

A ação foi realizada por meio do Design Brasil + Indústria, programa de design integrado à indústria que faz parte do escopo do Projeto Setorial Brazilian Furniture, com o objetivo de ampliar e promover a competitividade da indústria brasileira de móveis no mercado internacional, tendo como base o design como uma ferramenta transdisciplinar e estruturante para o surgimento de novos conceitos e formas de entendimento da produção, do consumo, dos processos, da inovação, da criatividade, interação e sustentabilidade.

Saiba quem são os designers e as indústrias participantes: 

  • Emerson Borges – Artecouro Sofás, Caemmun Movelaria, Serraltense Móveis e Granitos
  • Mula Preta – Tidelli, Flexform e Modalle Móveis
  • Bruno Faucz – Móveis James, Tramontina e Treboll Móveis
  • Henrique Steyer – Sier Móveis
  • Aciole Félix – Msul e Herval / Uultis
  • Marcelo Bilac – Oficinna Móveis e Sierra Móveis
  • Giácomo  Tomazzi – Butzke
  • Fabrício Roncca – Metaltru e Móveis James
  • Rejane Carvalho Leite – Florense
  • estudiobola – estudiobola
  • Vivian Coser – Ornare

 

 

Nos pavilhões do Rho Fiera Milano, onde ocorre a 60ª edição do Salone del Mobile.Milano, estão nove empresas brasileiras associadas ao Projeto Setorial Brazilian Furniture. São elas, Ornare, Tramontina, Uultis, By Kammy. Saint James, Green House, Modalle, Cristais São Marcos e Century. Tendo a sustentabilidade como temática central — “Projetar para o nosso futuro” —, todas as marcas foram convidadas a pensar nos estandes com critérios sustentáveis.  Vale destacar que, com a participação da Ornare, esta foi a primeira vez em que uma empresa brasileira expõe dentro dos pavilhões da EuroCucina. Outras

 

 

Programação extensa

A participação brasileira também incluiu duas exposições organizadas pela ETEL, em referência ao Manifesto Antropofágico, que resultou na criação de um movimento autêntico brasileiro de 1920 a 1970. Uma delas marca a história brasileira quanto outras inéditas inspiradas nos grandes mestres do movimento moderno brasileiro, realizada com o apoio pelo terceiro ano consecutivo do Projeto Setorial Brazilian Furniture, e acontece na Galeria Etel Milano, na Via Pietro Maroncelli, 13. A segunda exposição, realizada em uma galeria anexa, expõe peças com uma forte conexão com a manufatura brasileira, celebrando as raízes e a história do País, com cores, formas e tipologias exploradas no design moderno brasileiro, e que reacendem, agora, com materiais tecnológicos e formas mais globalizadas, sinuosas e táteis. 

E na Università Degli Studi di Milano, como parte da programação do “Design Re-Generation”, evento oficial da INTERNI, criadora do Fuorisalone, a ApexBrasil organiza, neste ano, a mostra “Poesia do Cotidiano”, com curadoria de Bruno Simões.  Nome que retrata tanto a sensibilidade quanto a casualidade descontraída, mas elegante do design brasileiro, a mostra acolhe obras de 44 marcas e designers de todo o Brasil em diferentes áreas.

 

Sobre a indústria brasileira do mobiliário

A indústria brasileira do mobiliário é formada por cerca de 18,3 mil empresas, que, em 2021, totalizaram a produção de 421,24 milhões de peças, sendo que 78,6% estão concentradas em pequenas empresas. Esse desempenho faz da indústria brasileira a sexta maior produtora de móveis no mundo. E é a oitava cadeia que mais emprega no Brasil, empregando 273,3 mil trabalhadores diretos e indiretos. As exportações de móveis prontos e de colchões somaram 983,3 milhões de dólares no ano passado, em negócios realizados com 172 países.  

O projeto Brazilian Furniture objetiva incrementar a competitividade da indústria brasileira no mercado internacional por meio de um conjunto de ações estratégicas de internacionalização. O Projeto conta com a participação de mais de 130 empresas que possuem acesso a informações de Inteligência Comercial e Competitiva, Feiras e Missões Internacionais, Projetos Comprador e Promoção de Imagem, entre outras ações no exterior.

 

Fotos: Reprodução Abimóvel 

X
X