fbpx Skip to main content
Notícias

Arquitetos de Caxias do Sul vencem concurso de requalificação da principal avenida de Flores da Cunha

Por fevereiro 6, 2022No Comments

Os arquitetos e urbanistas Fernando Rocha Machado (autor), Rovena Schumacher (co-autor), Guilherme Gobetti (estagiário) e Alisson Rodrigues (estagiário), da cidade de Caxias do Sul (RS), foram os grandes vencedores do Concurso Público Nacional de Projeto de Arquitetura e Urbanismo “Avenida 25 de Julho”. Essa equipe apresentou o projeto classificado em primeiro lugar no concurso, promovido pela Prefeitura Municipal de Flores da Cunha (RS) em parceria com o Instituto de Arquitetos do Brasil – Departamento do RS (IAB RS) e com o apoio do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do RS (CAU/RS) e da Associação Brasileira de Arquitetos Paisagistas (ABAP).

O objetivo era a requalificação da Avenida 25 de julho, caracterizada como a porta de entrada da cidade sendo responsável por distribuir o trânsito aos bairros em seu entorno, escoar a produção e conectar os munícipios ao centro. Além disso, o local é muito utilizado para lazer, tanto ao sul quanto ao norte, onde as pessoas realizam suas caminhadas, corridas e passeios de bicicleta.

Primeiro lugar

A equipe liderada pelo arquiteto Fernando Rocha Machado conquistou o júri pelo “domínio técnico e sensibilidade nas principais pautas de planejamento e projeto das paisagens”. Como prêmio pela primeira colocação, ganharam R$ 30 mil e uma contratação com remuneração total de R$ 362.306,36.

 

Segundo lugar

O segundo lugar do concurso foi para a equipe formada por Henrique Zulian, José Pedro Servo, Rafael Cortez e Rogério Severo, da cidade de Curitiba (PR), que ganharam o prêmio de R$ 15 mil.

Terceiro lugar

O terceiro lugar levou a premiação de R$ 10 mil e foi conquistado pela equipe formada por Mariana Mincarone, Camila Alberti, Amanda Michelotto, Helena Classe e João Pedro da Silva, da cidade de Porto Alegre (RS).

 

Menção honrosa

A menção honrosa do “Concurso Avenida 25 de Julho” foi para os arquitetos e urbanistas Carlos Eduardo Murgel Miller, Eduardo Saguas Miller, Martin Benavidez, Arthur Chuva, Emanuel Carlos Polito, Facundo Rasch, Lucas Merlo, Marcelo Ribas Marçal, Rodrigo Del Nero, Sergio Benejam e Stefania Casrim, da cidade de São Paulo (SP).

 Cerimônia de premiação

A abertura do evento, realizado no dia 1 de fevereiro na Câmara de Vereadores, foi realizada pelo prefeito em exercício de Flores da Cunha, Marcio Rech, que destacou que os gestores do munícipio têm muito orgulho de estar promovendo um concurso nacional. “A avenida 25 de Julho é uma referência de nossa cidade, e deixando ela bem construída e estruturada, com certeza teremos um belo cartão de visita”, afirmou. Ele acredita que a escolha via concurso assegura o melhor projeto e com isso a concretização será facilitada. “Já temos contatos com muitos deputados e isso irá ajudar na captação de recursos para validação e implementação do projeto ao longo do tempo”, anunciou.

“Hoje celebramos o início de um projeto da via estrutural mais relevante de Flores da Cunha. Estamos falando do coração de nossa cidade, da nossa porta de entrada”, destacou a Secretária de Planejamento, Rosiane Machado Pradella. Para ela, requalificar este espaço é garantir a qualidade de vida da comunidade e a função social do local. “Hoje veremos o projeto preliminar, pois os detalhes de tudo isso será construído com a comunidade”, informou a secretária.

O presidente do IAB RS, Rafael Pavan dos Passos, lembrou que foi a primeira vez que o IAB realizou um concurso em que a entidade não foi a única organizadora, e sim consultora técnica. “Alcançamos o objetivo inovador de capacitar os servidores da prefeitura para que possam realizar futuros concursos de arquitetura”, disse. Passos. Ele observou que o concurso é um processo democrático, pois ainda permite que profissionais de todas as gerações estejam disputando lado a lado através de seus conceitos. “Estamos entregando aqui um projeto que desenha uma unidade, e isso é fundamental, pois trata da diversidade da paisagem urbana e prevê o planejamento de obras”, destacou Passos.

Para Natan Franciel Arend, vice-presidente do IAB RS e coordenador de concursos da entidade, a premiação do concurso é definitivamente um dia importante para todos os envolvidos, pois celebra que novas cidades são possíveis. “Com essa redefinição da paisagem urbana a história de Flores da Cunha aponta para um futuro muito promissor”, defendeu Arend.

O resultado do concurso e as pranchas/imagens dos projetos vencedores estão disponíveis no site oficial: www.concursoavenida25dejulho.org

X
X