fbpx Skip to main content
Notícias

Arquitetos adotam home office como medida de prevenção ao coronavírus

Por março 17, 2020No Comments

Semana de rearranjos organizacionais. Muitos escritórios de arquitetura, assim como empresas de diversos outros setores, estão revendo procedimentos e adotando o sistema home office como medida de prevenção ao coronavírus. A redução do convívio social é uma das principais recomendações das autoridades de saúde para conter a disseminação, já que o vírus é de transmissão respiratória. A tecnologia ganha força como principal aliada.

Dentre os maiores escritórios de arquitetura de Santa Catarina, o Marchetti Bonetti + e o ARK7 Arquitetos, ambos de Florianópolis, decidiram adotar o sistema de home office a partir desta semana. “Hoje ainda estamos em um sistema híbrido em função do compartilhamento de computadores porque estão todos realizando acesso remoto e os softwares são bem complexos e pesados”, explica o arquiteto Giovani Bonetti, sócio-diretor dos dois escritórios. Segundo ele, as reuniões com clientes e fornecedores já estão sendo feitas via Skype e a equipe já está trabalhando em casa. “Entre nós e a equipe a ideia é até hoje as reuniões serem presenciais e, a partir de amanhã, dia 18, somente remotamente. Na Marchetti Bonetti + a secretária ficará de plantão e o administrativo-financeiro passará uma parte do dia no escritório. Todos os outros trabalharão em casa”, detalha. No total, as equipes somam 45 pessoas.

 

A arquiteta Juliana Pippi, também da capital catarinense, também adotou o home office para toda a equipe. “Achamos prudente adotarmos esse sistema. Eu acabei de voltar de uma viagem a São Paulo, da Revestir, e mais duas meninas da equipe”, afirma. Segundo ela, as arquitetas da equipe levarão os computadores para casa, para trabalharem em seus arquivos e as reuniões com clientes e fornecedores, para orçamentos, já estão sendo feitas via Skype. “É vida que segue virtualmente, ajudando a conter o vírus em solidariedade a todo mundo. É mais uma prevenção e precaução. Vamos aproveitar toda essa tecnologia que a gente a nossa disposição”, reforça Juliana.

“É vida que segue virtualmente, ajudando a conter o vírus em solidariedade a todo mundo” – Arq. Juliana Pippi

 

A ATO 9  Arquitetura está valendo-se de toda a tecnologia que já costuma utilizar no desenvolvimento dos projetos nesse momento. “Estamos com toda a equipe trabalhando em home office. É a opção mais sensata neste momento. Desta forma não ficamos com o andamento dos trabalhos atrasados e seguimos unidos pela ferramenta BIM trabalhando juntos em locais diferentes. Além disso, estamos todos on-line nos grupos de WhatsApp e demais softwares de comunicação”, explica o arquiteto Ronaldo Martins, um dos titulares do escritório.

Ronaldo explica que o acesso remoto da equipe acontece por meio da tecnologia VPN (Virtual Private Network), que oferece um canal de comunicação privado entre dois computadores. Assim, os colaboradores conseguem acessar, de casa, o computador que utilizam no escritório, onde estão as licenças e softwares instalados. “Assim, o colaborador consegue acessar a nossa rede e o nosso servidor com todos os modelos BIM. Ele consegue acessar todo o nosso material de casa usando esse outro caminho, que é possível”, complementa.

 

 

O escritório Pimont Arquitetura, de Florianópolis, também adotou o novo sistema. “Com todas as leituras que fizemos sobre a epidemia, a decisão de se adiantar e iniciar o homework já na segunda-feira, dia 16, pareceu a mais acertada; para evitar contágio entre nós e para influenciar os que nos cercam a fazerem o mesmo”, afirma o arquiteto Henrique Pimont, um dos titulares do escritório.

Ele reconhece que uma decisão desse tipo, tomada de forma rápida, pode dificultar o processo de transição, que, tradicionalmente, demandaria mais tempo de planejamento. “Algumas perdas serão inevitáveis: de produtividade, de agilidade, das ricas interações dentro do escritório. Estamos contando, como sempre, com a solidariedade dos nossos colaboradores, na certeza de que mesmo à distância, tratarão os trabalhos com a mesma seriedade”, reforça o arquiteto. Para ele, nesse período ainda incerto em que a equipe permanecerá afastada, certamente todos aprenderão muito sobre essa forma de trabalho “E isso poderá se integrar aos nossos métodos e processos”, considera.

 

A Unic Arquitetura, de Curitiba, adotou o mesmo procedimento. “Visando à segurança, bem-estar e responsabilidade social, adotamos medidas de prevenção e precaução orientadas por equipes de saúde para as próximas duas semanas. Neste período, seguiremos uma rotina de trabalho que preserva nossa equipe, clientes e fornecedores”, informa a arquiteta Carolina Danylczuk. Além do trabalho de forma remota, em home office, a equipe suspendeu as reuniões presenciais e as visitas a lojas e obras. “Em uma situação extrema e atípica vivida mundialmente a Unic segue exclusivamente conectada por e-mail, telefone e Whatsapp”, reforça.

“Kit home office” da Unic Arquitetura.

Lojistas alteram procedimentos

Os lojistas do setor têm comunicado os profissionais sobre alterações de rotina e intensificação de medidas de prevenção para que os atendimentos sejam mantidos. Ambientes ventilados, higienização constante das superfícies, álcool gel à disposição e funcionários orientados a evitarem apertos de mãos e a manterem a distância de 1,5 metro recomendada são algumas das medidas informadas.

O Núcleo Catarinense de Decoração, entidade que congrega 166 lojas em Santa Catarina, anunciou apoio aos lojistas. Em um vídeo enviado hoje ao setor e divulgado nas redes sociais das regionais, o empresário Márcio Moreal, presidente do NCD, informa que a entidade dará suporte aos associados para enfrentamento da situação. “Desde plataforma de atendimento on-line até rotina para colaboradores. É o momento de usarmos a tecnologia a nosso favor e a solidariedade em favor de todos”, enfatiza o dirigente. Todos os eventos presenciais da entidade passarão a ser realizados de forma on-line.  Clique aqui para assistir.

 

Instituições mudam rotina

O Presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil, Luciano Guimarães, deliberou na noite dessa quinta-feira, dia 12, suspender todos os eventos, reuniões, encontros e atividades coletivas do CAU/BR marcados para acontecer em Brasília no período de 16 a 20 de março de 2020. A decisão atende  “a necessidade de ações cautelosas em defesa da saúde dos membros do Plenário, convidados e colaboradores do Conselho”.

Os CAUs de todo o país adotaram medidas semelhantes. No Paraná, o CAU suspendeu o atendimento presencial até o próximo dia 31 de março. A decisão ocorreu nesta segunda-feira (16) durante a 109ª Reunião Plenária e incluiu, também, a suspensão de todos os eventos, reuniões, encontros e atividades coletivas do CAU/PR.

Em Santa Catarina, o CAU suspendeu o atendimento presencial, eventos, reuniões, encontros e outras atividades coletivas  até o dia 31 de março. A decisão foi publicada no último domingo, 15 de março,  em caráter ad referendum, pela presidente Daniela Sarmento. O atendimento aos arquitetos e urbanistas e à população segue sendo realizado por e-mail, telefone e Whatsapp.

No Rio Grande do Sul, o CAU suspendeu atendimento presencial, atendimento itinerante e fiscalização externa, reuniões, viagens e audiências no período do dia 17 de março a 3 de abril. Os Canais de Atendimento à distância, como e-mail e WhatsApp, seguem operando em horário normal, das 9h às 17h.

O Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB), Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetura (AsBEA) e outras entidades do setor também estão modificando a rotina de atendimento e a agenda para os próximos dias. Os comunicados têm sido emitidos desde o início da semana.

 

Serviço:

Confira, a seguir, as instituições e entidades do setor que emitiram comunicados referentes à alteração nas atividades como medidas de prevenção ao coronavírus. Clique nos links para saber mais detalhes sobre as formas de atendimento nos próximos dias.

CAU/PR – Os atendimentos por telefone, WhatsApp e e-mail estão mantidos.

CAU/SC – O atendimento aos arquitetos e urbanistas e à população segue sendo realizado por e-mail, telefone e Whatsapp.

CAU/RS – Os Canais de Atendimento à distância, como e-mail e WhatsApp, seguem operando em horário normal, das 9h às 17h.

IAB-SC – Secretaria em recesso entre os dias 17 de março e 22 de março.

IAB-RS – Atendimento presencial na sede restrito a agendamento prévio para casos de extrema importância.

AsBEA-RS – Atendimento por telefone, e-mail e Whatsapp

X
X