Projetos

Arquitetos recém-formados impressionam com proposta ousada na CASA COR SC

O Espaço Ubuntu está entre as principais atrações da  CASA COR Santa Catarina, tanto pela proposta conceitual como pela solução técnica e pela trajetória dos seus idealizadores. Os autores do projeto são três arquitetos e urbanistas recém-formados que foram convidados pela organização da mostra para participarem desta edição, que segue até o dia 22 de outubro, localizada em um casarão histórico da Praça Getúlio Vargas, em Florianópolis.

O talento do trio – Fábio Pereira Vitorino, Leandro Ribeiro Sumar e Tauan Zanetta – foi revelado durante o Archathon, maratona criativa realizada em julho deste ano na capital catarinense para criação de um dos ambientes da CASA COR SC. O projeto apresentado por eles ficou entre os finalistas e despertou a atenção dos franqueados da mostra, Luiz Bernardo e Francis Nessi Bernardo. Egressos da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Leandro e Tauan formaram-se em 2015. Fábio concluiu a graduação em 2016. A eles foi confiada a missão de projetar o espaço de circulação e um lavabo, totalizando 35 metros quadrados,  com o desafio de completar boa parte da estrutura da escadaria da edificação, que havia sido interrompida há alguns anos.

No planejamento, o trio definiu um conceito, inspirados na expressão africana Ubuntu, que significa ‘Eu sou porque nós somos’  – o mesmo que haviam planejado para o Archathon. O objetivo é provocar a reflexão sobre as individualidades e essências humanas e desconstruir o preconceito estético e social. Fotografias produzidas especialmente para o espaço pelo fotógrafo Victor Hugo formam uma galeria ao longo da escadaria e revelam a diversidade humana, em raça, gênero, estilos, opção sexual… O ‘não gênero’ é uma das bandeiras, pontuada nas portas dos banheiros, funcionais. As fotos fixadas nas portas deixam dúvidas sobre o gênero da pessoa, propositadamente. A intenção é reforçar o caráter unissex do ambiente e o conceito principal: Não importa se você é homem ou mulher; há um banheiro à sua disposição.

A valorização dos aspectos naturais está também evidenciada na escolha dos materiais e elementos, como a madeira do piso, o revestimento das paredes com pedra basalto e porcelanato no padrão sisal e o jardim vertical. Vasos com árvores de pequeno porte foram dispostos de ponta cabeça no teto da circulação, conferindo um aspecto inusitado e irreverente à proposta.

Fotos do ambiente: Rafael Ribeiro | Divulgação

Foto dos profissionais: Ricardo Zanetta | Divulgação

(atualização em 23/10) Em tempo: o espaço conquistou o Prêmio de Projeto Mais Original, eleito pelo júri técnico da mostra, e, também, o Prêmio de Melhor Projeto, eleito pelo público visitante da CASACOR Santa Catarina.

 

error: Para compartilhar esse conteúdo, use o link ou as ferramentas de compartilhamento do site da revista ÁREA e contribua para a valorização do jornalismo especializado.
X
X