fbpx
Notícias

Tapeçaria produz peças personalizadas por arquitetos e designers

Por setembro 3, 2020 Sem comentários

A personalização de tapetes é o grande diferencial em projetos de arquitetura de interiores e de decoração que desejam imprimir uma identidade única ao espaço. A possibilidade de definir formato, espessura, materiais, cores e estampas garante total liberdade de criação aos profissionais para harmonização da peça à composição.

A Tapeçaria Italiana, que sempre apostou na variedade de estampas, vem fortalecendo o departamento de criação da indústria para o desenvolvimento de peças exclusivas conforme o projeto do cliente. “Sempre houve a personalização, porém, demos maior ênfase a partir de 2016, com a contratação de um escritório de arquitetura para ‘falar’ a linguagem dos profissionais do setor”, explica o empresário Edson Jorge Fandaruff, um dos sócios da Tapeçaria Italiana. O objetivo era agregar o design para fortalecer as premissas de qualidade, sustentabilidade e valorização do trabalho artesanal e dos mercados locais.

Naquele ano, a indústria contratou a OKOA, comandada por Carol Kuszkowski e por Pablo Paiva, dupla que passou a atuar na área de Pesquisa & Desenvolvimento da fábrica, desenvolvendo novas coleções, e, também, na área de produção, para adaptação dos projetos para que cada tapete seja fabricado de forma única para cada cliente.

Suporte técnico

“Atendemos com suporte aos especificadores, junto aos lojistas parceiros, auxiliando no desenvolvimento ou escolha dos produtos, a partir de simulações, projetos e blocos em SketchUp”, explica Carol. Os blocos em SketchUp são disponibilizados pela Tapeçaria Italiana para facilitar o trabalho dos profissionais especificadores, que costumam utilizar esse software para apresentação de seus projetos em 3D aos clientes, proporcionando uma visão completa da proposta e a compreensão do seu conceito. “Nosso intuito é sempre facilitar os processos e alinhar o diálogo. O profissional consegue ter liberdade criativa para desenvolver novas possibilidades e toda parte técnica, de adequar a produção, fica por conta da empresa”, reforça.

Para a arquiteta, a personalização é o que torna esse produto tão único. “Mesmo com as coleções desenvolvidas, cada tapete é único, sendo que podemos dimensionar as estampas conforme ficam mais adequadas a cada espaço, assim como trabalhar com alturas de fios diferentes, cores diferentes. E isso faz com que o maior diferencial da Tapeçaria Italiana, ao nosso olhar, seja justamente a exclusividade, ou seja, podemos fazer o produto que cada cliente almeja, não se limitando a estampas, cores ou medidas pré-definidas”, destaca.

A exclusividade das peças está relacionada, também, à metodologia de produção utilizada pela Tapeçaria Italiana. “Além das máquinas, muitos processos requerem a utilização das mãos dos artesãos, produzindo ‘obras de arte’, tornando os tapetes únicos e personalizados”, explica Edson.

Especificidades locais

A personalização passa, ainda, pela valorização das identidades culturais e características regionais. Como a indústria abrange todos os estados brasileiros, é preciso oferecer opções associadas às tendências internacionais do setor da decoração, mas adequadas aos mercados locais.

“Nosso país é repleto de culturas diferentes, e buscamos valorizar cada uma delas. Percebemos que cidades com clima mais tropical, por exemplo, têm maior interesse em cores mais abertas e vibrantes. Não é uma regra, cada pessoa é única, assim como nossos produtos, e é isso que levamos em conta. Em cada participação que temos em uma cidade diferente, buscamos conhecer mais sobre sua cultura, conseguindo nos alinhar na mesma linguagem visual, mas sempre deixando claro quais são as possibilidades oferecidas”, enfatiza Carol.

 

Sustentabilidade e bem-estar

Além das possibilidades estéticas, os tapetes estão relacionados aos preceitos de saúde, bem-estar e de sustentabilidade. As matérias-primas utilizadas são poliéster e polipropileno – fibras sintéticas antialérgicas, de alta resistência a manchas e que oferecem bom isolamento térmico -, e poliamida (nylon Antron 6.6 da Invista), reconhecida no mercado por sua resiliência, alta durabilidade e por suas propriedades antialérgicas, antiestáticas e antichamas.

Mais recentemente, a Tapeçaria Italiana passou a confeccionar tapetes com fios de nylon regenerados da marca Econyl, que são fios fabricados a partir da regeneração de resíduos retirados do oceano e de aterros, como plásticos industriais, restos de tecido de empresas de confecção e de tapetes antigos e redes de pesca. Econyl é um produto da italiana Aquafil, líder global na indústria de fibras sintéticas e pioneira em qualidade, inovação e sustentabilidade.

A qualidade da matéria prima-prima, a eficiência do processo produtivo e a valorização do mercado local são as principais bandeiras da indústria. “Essas ações têm nos proporcionado crescimento sustentável durante os 15 anos, consolidando a marca entre os especificadores do setor”, comemora Edson.

Sobre a Tapeçaria Italiana

A Tapeçaria Italiana foi fundada em 1996 por José Campestrini, cônsul italiano, que comprou a antiga Tapetes Santa Catarina. Em 2005, a indústria foi adquirida pelos empresários Carlos Heinz Hoffmann e Edson Jorge Fandaruff, que decidiram manter o nome pela tradição da marca e investiram na modernização da produção, na expansão do mercado e na qualificação do atendimento a lojistas e especificadores.

Localizada em Blumenau (SC), a fábrica possui 1.475 metros quadrados de área, com capacidade de produção de 2.000 metros quadrados de tapetes por mês por turno. A Tapeçaria Italiana está presente em todo o território nacional, atendendo a uma rede de 846 lojistas.

 

Fotos: Daniel Zimmermann | Divulgação Tapeçaria Italiana

X
X