Notícias

Retomada de investimentos na Engenharia Civil traz oportunidades para profissionais do setor

Por dezembro 12, 2018 Sem comentários

O setor da construção civil deve finalizar 2018 com um aumento de demanda de 10%. A retomada tem como principal alicerce o nível de confiança dos consumidores no segmento, além da chegada da taxa básica de juros ter atingido 7,5% em 2017 – fato que favorece o deslocamento de recursos para a poupança e, consequentemente, para o financiamento imobiliário. Os dados são da pesquisa realizada em outubro deste ano pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). Depois de dois anos de decréscimo, essa perspectiva animou construtoras e incorporadoras, que já retomam investimentos.

Na prática, isso quer dizer que as funções desempenhadas por profissionais do setor serão bastante requisitadas e necessárias. A expertise deles é que garante que lares e negócios sejam seguros e confiáveis a cada metro quadrado entregue.

Mas não basta comemorar a mudança na perspectiva do segmento. É preciso investir na melhoria da prestação de serviços e na ampliação das oportunidades. Seja em contratações para aumentar a equipe, com investimentos em soluções tecnológicas ou mesmo em ações de aproximação com o mercado: o momento é de se preparar para a bonança.

Cesar Augusto Fabre, diretor executivo da CredCrea, cooperativa de crédito exclusiva para profissionais ligados ao segmento, comenta que linhas de crédito, diferentes formas de investimento e seguros são alguns dos serviços específicos encontrados na marca. “Entendemos que o nosso mercado tem especificidades e trabalhamos com uma equipe que não só entende dessas demandas, mas busca produtos e soluções para fomentar esses negócios”, diz.

A expectativa, de acordo com Cesar, é que, neste ano, profissionais de Engenharia Civil e escritórios do setor aumentem as necessidades de serviços financeiros de várias frentes. E a CredCrea está preparada para atender esse novo momento.

Confira os produtos oferecidos pela CredCrea:

Empreendedor: Crédito sem destinação específica do recurso, disponível para pessoas jurídicas para atender as necessidades de capital de giro, investimento e outros.

Empreendedor Garantido: Crédito sem destinação específica do recurso, vinculado à operação de crédito com garantia real.

Microcrédito: Crédito destinado para financiamento de capital de giro e/ou investimentos produtivos fixos, como obras civis, compra de máquinas e equipamentos novos e usados, compra de insumos e materiais ou ainda para livre consumo, sem destinação específica da aplicação do recurso.

Microcrédito Garantido: Operações direcionadas para fins produtivos ou de livre consumo, vinculando à operação de crédito com garantia real.

Uma cooperativa sob medida para o setor

A Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Profissionais do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia dos Estados de Santa Catarina e Paraná (CredCrea) surgiu da união de um grupo de 33 profissionais da área tecnológica que, há 14 anos, viram a necessidade de ter acesso a serviços financeiros com condições atrativas e diferenciadas do mercado. O resultado desse trabalho não poderia ser outro: a Cooperativa tornou-se a maior instituição financeira em número de associados que atende os profissionais do sistema Confea/CREA/CAU.

 Atualmente, a CredCrea contabiliza 17 mil cooperados, que são atendidos por um time de mais de 90 profissionais em 10 postos de atendimento em Santa Catarina e no Paraná. A instituição é filiada ao Sistema Ailos (nova marca do antigo Sistema Cecred), que tem mais de 680 mil cooperados e está entre os maiores do país no setor cooperativista.

 Foto: Divulgação

error: Para compartilhar esse conteúdo, use o link ou as ferramentas de compartilhamento do site da revista ÁREA e contribua para a valorização do jornalismo especializado.
X
X