Notícias

Projeto de Santa Catarina concorre à premiação internacional

O projeto Container, do arquiteto Rodrigo Kirck, está entre os finalistas do 5th Architizer A+Awards, importante premiação internacional do setor, na categoria Architecture +Prefab.

Entre os dias 14 de fevereiro e 3 de março, o  júri técnico avaliou os projetos. Os cinco finalistas de cada uma das dezenas de categorias seguiram para avaliação do público, pela Internet, entre projetos de arquitetura, urbanismo e de produtos. A votação encerra no dia 31 de março. Os vencedores serão anunciados no dia 11 de abril e, no dia 11 de maio, acontecerá o evento de premiação, em Nova Iorque. Os vencedores do A + Popular Choice Awards são homenageados juntamente com um vencedor do júri. No ano passado, foram mais de 400 mil votos públicos pelo site.

Clique aqui para votar.

A obra de Rodrigo Kirck corresponde ao escritório de arquitetura e coworking, onde o arquiteto e sua equipe atuam, em Itajaí (SC), inaugurado em 2016. Para a edificação, foram utilizados com contêineres reciclados. Além de inovador em arquitetura, o projeto tem o intuito de fortalecer a ligação entre arte, criatividade, e arquitetura contemporânea. A utilização do material alternativo colocou o escritório como concorrente na categoria de projetos com estrutura modular industrial do 5th Archtizer Awards.

 

SOBRE O PROJETO

 

O projeto tem dois volumes monolíticos, cada um usando dois containers sobrepostos, por um sistema de abertura zenital que abriga as circulações verticais. Este sistema é projetado para reduzir o uso de iluminação artificial. Nos containers foram instalados dois grandes telhados-jardim que cumprem várias funções: reduzir o impacto da radiação solar, capturar a água da chuva para reutilização e ser um reservatório de água da chuva, reduzindo o impacto no sistema de coleta pública. Eles também propõem aos vizinhos como uma “gentileza urbana”, trazendo cores e conforto visual aos moradores dos prédios vizinhos.
Batizado de Container, o local é uma espécie de laboratório. Neste espaço, cheio de significados, ideias são compartilhadas com uma equipe de arquitetos e outros profissionais criativos em design, fotografia e arte por meio de um coworking. O resultado é uma verdadeira multiplicação de inspirações traduzidas em projetos. Tudo no escritório tem uma razão de ser, desde o logo, que menciona a origem indígena do arquiteto, os laços afetivos que mantém com a cidade de Itajaí e sua conexão com a indústria naval, representada pelo próprio uso de containers.
No design de interiores, tudo é muito simples e,ao mesmo tempo, de grande requinte. Calor, conforto térmico, visual e integração são prioridades que receberam tratamento especial. Luminárias com design próprio, peças funcionais, materiais reciclados, cores em harmonia e arte, muita arte impressa em todos os ambientes. Não há pinturas; as pinturas são eternizadas nas paredes e portas. Cada obra integra o cenário, fortalecendo a vocação do espaço, de ser um escritório criativo que produz projetos que fogem ao ‘lugar comum’.

Fotos:  Divulgação

Faça um comentário

X
X