fbpx
Notícias

Projeto de escritório de Curitiba está entre os vencedores do Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel

Por novembro 23, 2020 Sem comentários

O projeto da estação Antártica Comandante Ferraz / Ilha Rei George, reinaugurada em janeiro deste ano, está entre os três vencedores do Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel. O projeto foi desenvolvido pelo Estúdio 41 Arquitetura, de Curitiba (PR), de autoria de Emerson Vidigal, Eron Costin, Fabio Henrique Faria, João Gabriel Rosa, Dario Corrêa Durce. Os demais projetos vencedores foram Academia-Escola / Unileão, de Juazeiro do Norte (CE), e  Requalificação da Colina do Senhor do Bonfim, de Salvador (BA). O anúncio foi feito no dia 21 de novembro, com a publicação de um vídeo no canal do Instituto no YouTube. Clique aqui para assistir.

Os projetos vencedores integrarão  a exposição dos 13 selecionados desta sétima edição do prêmio, que ficará em cartaz até o dia 7 de fevereiro de 2021 no Instituto Tomie Ohtake, com visitação gratuita. No total foram 246 inscrições, provenientes de 14 estados brasileiros e do Distrito Federal. A seleção foi feita por um júri formado pelos arquitetos Diego Mauro, Elisabete França, Fernando Túlio, Juliana Braga e Pedro Varella.

Com o apoio da Japan House São Paulo, os três premiados realizarão viagens ao Japão para conhecer de perto a tradição arquitetônica do país. A parceria promoveu ainda uma troca de correspondências sobre arquitetura, série que uniu uma das vocações dos dois centros culturais sobre as produções brasileira e japonesa, durante os meses de junho e julho, nas redes sociais de ambas instituições.

Com mais essa edição, o Instituto Tomie Ohtake e a AkzoNobel continuam a mapear a produção arquitetônica contemporânea, ao destacarem, pelo sétimo ano consecutivo, projetos significativos construídos no panorama atual brasileiro. A relação urbana e o comprometimento com o sítio de implantação e a sustentabilidade, bem como a inventividade projetual e construtiva são os critérios fundamentais que norteiam a premiação.

 

PROJETOS PREMIADOS
CATEGORIA PROFISSIONAIS

Estação Antártica Comandante Ferraz / Ilha Rei George – Antártica
Estúdio 41 Arquitetura (PR) – Emerson Vidigal, Eron Costin, Fabio Henrique Faria, João Gabriel Rosa, Dario Corrêa Durce.

Foto: Leonardo Finotti | Divulgação

 

Academia-Escola / Unileão / Juazeiro do Norte – CE
Lins Arquitetos Associados (CE) – George Lins e Cintia Lins.

Foto: Joana França | Divulgação

 

Requalificação da Colina do Senhor do Bonfim / Salvador – BA
Sotero Arquitetos (BA) – Adriano Mascarenhas.

Foto: Leonardo Finotti | Divulgação

 

MENÇÃO HONROSA

Instalação Arquitetura na Periferia – XII Bienal Internacional de Arquitetura São Paulo – SP / Belo Horizonte – MG
Arquitetura na Periferia – Carina Guedes, Mariana Borel.

Foto: Thiago Silva| Divulgação

 

MENÇÃO HONROSA: SUSTENTABILIDADE

Quiosque e Abrigo de Canoas / Mangaratiba – RJ
Estudio Flume – Christian Teshirogi, German Nieva, Noelia Monteiro.

 

Foto: German-Nieva | Divulgação

 

MENÇÃO HONROSA: COR

Museu da Cachaça / Salinas – MG
Jô Vasconcellos

 

Foto: Junia Mortimer | Divulgação

Projetos selecionados que também farão parte da exposição:

Aeroporto de Florianópolis – Terminal Internacional de Passageiros / Florianópolis – SC
Biselli Katchborian Arquitetos Associados; Mario Biselli e Artur Forte Katchborlan.

Capela Ingá-Mirim / Itupeva – SP
messina | rivas; Francisco Rivas, Rodrigo Messina, Guadalupe Sappia.

Casa Cavalcante / Cavalcante – GO
BLOCO Arquitetos; Daniel Mangabeira da Vinha, Henrique Eduardo Caldas Coutinho e Matheus Conque Seco.

Edifício Huma Klabin / São Paulo – SP
Una Arquitetos; Cristiane Muniz, Fábio Rago Valentim, Fernando Felippe Viégas e Fernanda Barbara.

Edifício Manga / Vila Santa Thereza / Manaus – AM
Laurent Troost Architectures; Laurent Troost e Diogo Lazari.

Ocupação Conexidade / Rio de Janeiro – RJ
Estúdio Chão; Antonio Pedro Coutinho e Adriano Carneiro de Mendonça.

Requalificação urbana e ambiental da Orla Marítima de Ilha Comprida / Ilha Comprida – SP
Boldarini Arquitetos Associados; Marcos Boldarini e Lucas Bertholdo Nobre.

Mostra Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel

Até 7 de fevereiro de 2021
De sexta a domingo, do meio-dia às 17h.
Av. Brigadeiro Faria Lima, 201, Pinheiros, São Paulo – SP CEP 05426-100.
(entrada pela rua Coropés,88)
Visitação gratuita

 

Sobre o Prêmio

O Prêmio busca reconhecer as produções arquitetônicas de destaque na cena contemporânea brasileira, valorizando as formas inovadoras de pensar e construir o espaço social, contribuindo, assim, com o desenho do panorama atual da arquitetura nacional nos seus mais variados contextos. Os projetos selecionados participam da exposição na sede do Instituto Tomie Ohtake, registrada em catálogo, e os premiados, anunciados na inauguração da mostra, são contemplados com viagens internacionais.

O Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel é resultado de uma parceria entre o Instituto Tomie Ohtake e a AkzoNobel, multinacional holandesa que atua nos segmentos de tintas e revestimentos, e se insere nas perspectivas do Instituto, enquanto instituição cultural, ao promover iniciativas no campo da arquitetura, do urbanismo, das artes plásticas e do design.

 

X
X