fbpx
Projetos

Na renovação total da casa, arquiteta atualiza linguagem e qualifica ambientes com foco no conforto

Renovação total. Esse foi o pedido feito pelos proprietários desta casa à arquiteta Varínia Schwartz, de Curitiba (PR). Ela assumiu o projeto de arquitetura de interiores com a missão de qualificar e atualizar os ambientes internos da residência, de 600 metros quadrados, construída no final dos anos 1980 no condomínio Alphaville, em Barueri, na Grande São Paulo. “A casa precisava de uma boa repaginada para deixá-la mais moderna, mas respeitando as características arquitetônicas que fazem dela uma casa cheia de personalidade”, enfatiza a arquiteta.

Um dos detalhes arquitetônicos importantes era a claraboia existente no centro do living. Varínia aproveitou a iluminação natural incidente no local para projetar um jardim de inverno no espaço antes ocupado por um bar que não era mais utilizado. O antigo vitral foi substituído por uma estrutura mais contemporânea, com vidro plano e brises de alumínio, que proporciona um jogo de luz e sombra no ambiente. “Essa solução possibilitou a inserção de uma parede verde com pé-direito duplo, de uma cascata e de várias plantas, incluindo uma palmeira enorme dentro da casa, como era desejo do cliente”, descreve.

Outra importante intervenção foi a retirada de algumas paredes para integração das áreas de cozinha e de copa para a criação do espaço gourmet, o qual pode ser também conectado ao jantar a partir da abertura da grande porta projetada para o local. O projeto contemplou, ainda, a substituição de todos os revestimentos e a renovação de 100% do mobiliário.


Conforto e aconchego

Para os clientes, a atualização dos ambientes para uma linguagem mais contemporânea era importante, mas o essencial era a criação de espaços acolhedores. “Na área íntima no andar superior a palavra de ordem foi aconchego e funcionalidade para atender as necessidades da família. Para isso foram priorizados tons claros, mobiliário moderno e espaços arejados, além de cortinas, persianas e tapetes”, detalha Varínia.

Os tapetes foram considerados por ela elementos fundamentais para alcançar esse objetivo. “Uma das características mais marcantes dos tapetes é o conforto que eles proporcionam aos ambientes, pois costumam ‘aquecê-los’, trazendo uma sensação de acolhimento e de aconchego. Para este projeto, Varínia desenhou cada tapete especificado, criando peças exclusivas para living, home theater, mezanino, lareira e para as suítes máster, dos hóspedes e das duas filhas do casal. “O tapete deve ser pensado desde a concepção do projeto, pois é uma peça-chave, e influenciará na sensação que teremos para cada espaço”, ensina.

Os tapetes foram produzidos pela Tapeçaria Italiana, de Blumenau (SC), referência nacional em tapetes personalizados, associando processo industrial a técnicas artesanais na fabricação a partir do desenho da arquiteta. As peças foram fornecidas pela Tibaflex Comércio de Persianas e Toldos, de Curitiba, parceira da indústria há três anos. “Em relação aos tapetes, os profissionais valorizam a matéria-prima, o acabamento e, principalmente, a qualidade. E a variedade de opções e o prazo de entrega oferecidos pela Tapeçaria Italiana são diferenciais importantes”, destaca o empresário Carlos Netto, proprietário da loja.

A personalização dos tapetes é considerada etapa essencial no desenvolvimento de projetos de interiores. “Escolher o modelo ideal para cada ambiente faz toda a diferença. E ter a possibilidade de personalizá-lo, com tamanhos e formatos sob medida, desenhos diferenciados, poder brincar com diversas alturas, formando desenhos geométricos ou orgânicos, bem como com as cores que devem se harmonizar com todos os itens que compõem o espaço, é fundamental para o resultado do projeto”, considera a arquiteta Varínia Schwartz.

 

Fotos: Marco Aurélio Toso | Divulgação Varínia Schwartz Arquitetura & Interiores

 

X
X