Projetos

Imponência e inovação no projeto das primeiras unidades da Starbucks na região Sul

Por outubro 20, 2019 Sem comentários

A tradicional rede de cafeterias norte-americana Starbucks acaba de inaugurar suas primeiras lojas brasileiras fora do eixo Rio-São Paulo. E as três unidades estão na região Sul, mais especificamente no novo terminal do aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis (SC), o Floripa Airport, que entrou em operação neste mês de outubro.

Elas estão localizadas nas áreas de embarque e desembarque e no Boulevard 14/32, complexo gastronômico e cultural adjacente ao terminal. O escritório Aratani Arquitetura foi o responsável pelos projetos das lojas Starbucks. A execução e o acompanhamento das obras – executadas em 40 dias –  foram feitas pelo engenheiro civil Andrei Guimarães, da C.A Engenharia.

“Quando entregamos franquias, precisamos gerenciar a complexidade de processos que acontecem durante as obras. Nessas, por exemplo, tínhamos a equipe da Starbucks de São Paulo, que veio com frequência fazer testes nas instalações e nas máquinas, o Fernando que estava pintando sua obra e as máquinas de café que foram importadas da Suíça”, conta Andrei, referindo-se ao artista paulista Fernando Chamarelli, que criou uma arte surrealista exclusiva para a loja do Boulevard.

Com 180 metros quadrados, a loja do Boulevard 14/32, é marcada pela imponência e pela inovação. Além das cores fortes da arte de Fernando Chamarelli, o espaço é caracterizado pelo predomínio da madeira. O projeto segue o conceito padrão da rede para as suas lojas, baseado no estilo industrial, com aspecto de loft, iluminação aparente, vigas de aço expostas, paredes de alvenaria, espaços amplos e claros, madeiramento, grande mesas comunitárias, valorização da regionalidade e ambientes exclusivos pontuados pela inovação. A atmosfera pretendida é de um ambiente contemporâneo e acolhedor, para que o cliente possa relaxar da agitação do mundo moderno.
Fotos: Fernando Willadino | Divulgação

 

 

error: Para compartilhar esse conteúdo, use o link ou as ferramentas de compartilhamento do site da revista ÁREA e contribua para a valorização do jornalismo especializado.
X
X