Notícias

Arquiteta cria joias para extravasar a criatividade em outras áreas

A arquiteta e urbanista catarinense Cristina Piazza vem apostando em uma nova forma de arte. A titular do escritório CMSP Arquitetura + Design, localizado em Florianópolis, iniciou a produção de joias artesanais, há cerca de dez anos, como forma de buscar novas formas de extravasar sua criatividade. “Assim, testo novas formas de arte, utilizando a fundição, solda e composição de metais com pedras naturais, lapidadas ou brutas”, explica. 

As peças têm design exclusivo, apropriando-se de formas arquitetônicas.  Anéis, pulseiras e braceletes, tiaras, brincos, colares, piercings, são desenvolvidas por Cristina na CP Arquitetura de Joias, utilizando prata 925, ouro 18K, platina e pedras preciosas. “A partir de um desejo e ideia do cliente, é também possível restaurar e reformar joias”, complementa.

O envolvimento de Cristina Piazza com outras formas de arte não é de hoje. Na época em que frequentava a Faculdade de Arquitetura de Urbanismo, na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), ela produzia tapeçarias. E uma de suas obras foi, inclusive, premiada. A tapeçaria ‘Baiana’ conquistou prêmio no Salão Universitário de Artes Plásticas de 1979.

Nas fotos, pingentes em prata 925 em forma de ferramentas miniaturizadas de trabalho na construção civil: parafuso, picareta, serrote, machadinha, chave de boca; e pingentes de ouro e de prata na forma de colher de pedreiro.

 

X
X