Eventos

Considerado “o pai da ponte” Rio-Niterói, engenheiro Carlos Henrique Siqueira ministra palestra em Joinville

Será realizada na próxima quarta-feira, dia 25 de abril, no Centro de Ciências Tecnológicas (CCT), da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), em Joinville, uma palestra com o engenheiro civil  e doutor em Patologia das Estruturas Carlos Henrique Siqueira.

O engenheiro é conhecido no meio acadêmico e profissional como “o pai da ponte”, pois trabalhou como engenheiro na supervisão da construção da Ponte Rio-Niterói entre os anos de 1972 e 1974 e é coordenador e responsável técnico pela vistoria e manutenção da estrutura.

Entre diversas outras atuações de Siqueira, destaca-se a presidência da comissão técnica de engenheiros que elaborou a norma brasileira NBR 9452/86, a primeira norma que tratou da vistoria de pontes e viadutos de concreto.

O evento é aberto à comunidade em geral e será realizado às 18h30, no Auditório do Bloco F.

 

Sobre a ponte Rio-Niterói

A Ponte Rio-Niterói é a principal ligação entre as cidades do Rio de Janeiro, Niterói e o interior do Estado, sobretudo a região dos Lagos e o litoral norte fluminense.

A Ponte Rio-Niterói é um marco da engenharia nacional. Inaugurada em 1974, ela ainda detém alguns recordes importantes:

  • É a maior ponte do Hemisfério Sul;
  • Possui o maior vão em viga reta contínua do mundo: o vão central de 300 metros de comprimento e 72 metros de altura;
  • É a mais importante estrutura protendida das Américas, com mais de 2.150 quilômetros de cabos no interior de sua estrutura;
  • É uma das maiores pontes do mundo em volume espacial (área construída), por conta de seu comprimento, largura e a altura dos pilares e das fundações submersas cravadas na rocha do fundo da Baía de Guanabara.

Desde 1° de junho de 2015, o trecho é administrado pela Ecoponte, empresa do Grupo EcoRodovias, sob o edital de concessão N° 01/2015 – Concessão da rodovia federal BR-101/RJ, trecho Acesso à Ponte Presidente Costa e Silva (Niterói) – Entr. RJ-071 (Linha Vermelha).  A concessionária é responsável pela exploração e manutenção do sistema rodoviário de 13,2 km de extensão e 10 quilômetros de acessos, e pela prestação de serviço aos mais de 150 mil veículos que trafegam diariamente pela Ponte.

Fontes: Udesc e Ecoponte

X
X