Notícias

Concurso de ideias convida acadêmicos e recém-formados a projetarem a ‘Rua do Futuro’

Por julho 6, 2019 Sem comentários

Sendo a rua a unidade básica do espaço urbano, o 32º Concurso do Portal Projetar.org propõe aos acadêmicos e jovens profissionais o desafio de imaginar como será a ‘rua do futuro‘, contemplando em suas propostas um dos materiais de maior protagonismo na construção civil brasileira, o concreto. O concurso também é o 5º Prêmio Soluções Para Cidades e o 2º Concurso Concrete Show South America.

As equipes são convidadas a contribuir com ideias revolucionárias para as nossas cidades de uma perspectiva mais ampla. Soluções que perpassam a arquitetura, o urbanismo e o paisagismo, mas também as extrapolam. Que envolvem a habilidade projetual, mas acima de tudo provam a capacidade de imaginar cenários futuros e propor soluções inusitadas.

Entende-se como ‘rua’ todo o espaço que se encontra entre edifícios, sendo que todos os equipamentos e infraestrutura inseridos neste espaço são entendidos como parte integrante da rua, enquanto elemento
básico do espaço urbano. As equipes estão livres para propor a sua rua do futuro em qualquer cidade, seja no Brasil ou fora dele. No que se refere aos elementos construídos que integram as propostas, é imprescindível que os participantes utilizem como materiais concreto e placas de concreto, sendo também permitido o uso de outros materiais. Esta edição do concurso conta com a parceria do Concrete Show (Informa Markets Brazil), Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP), Seminário Soluções para Cidades e da Associação Brasileira do Segmento de
Placas Cimentícias para Revestimento (ABRASPLAC).

INSCRIÇÕES

Podem se inscrever grupos de no máximo 5 (cinco) integrantes, compostos por estudantes brasileiros e/ou estrangeiros, devidamente matriculados em cursos de graduação em arquitetura no Brasil e/ou no exterior, que possam comprovar suas matrículas ou recém-formados até um ano.

É permitida a formação de equipes multidisciplinares, com integrantes de diferentes cursos de graduação. É obrigatório, no entanto, que o integrante responsável pela equipe esteja cursando ou tenha concluído em até um ano o curso de arquitetura. A taxa de inscrição por equipe é de R$ 140,00.

As inscrições devem ser feitas até o dia 22 de julho.  Clique aqui e acesse.

A Solenidade de Premiação acontecerá no dia 15 de agosto,  durante o Concrete Show / Seminário Soluções para as cidades.

 

PREMIAÇÕES

Primeiro colocado: R$ 2.300,00 + exposição da proposta no estande da ABCP durante o 12º Concrete Show + publicação do projeto em revistas e blogs parceiros + Certificado.

Segundo colocado: R$ 1.700,00 +exposição da proposta no estande da ABCP durante o 12º Concrete Show + publicação do projeto em revistas e blogs parceiros + Certificado.

Terceiro colocado: R$ 1.000,00 + exposição da proposta no estande da ABCP durante o 12º Concrete Show + publicação do projeto em revistas e blogs parceiros + Certificado.

Menções honrosas: Exposição da proposta no estande da ABCP durante o 12º Concrete Show + publicação do projeto em revistas e blogs parceiros + Certificado.

 

JÚRI

BENEDITO ABBUD

Com 40 anos de profissão, Benedito Abbud é graduado, pós-graduado e mestre pela FAU, instituição na qual atuou como professor. Do seu escritório, já saíram mais de 6.000 projetos de arquitetura paisagística em escalas que vão de residências, condomínios e bairros até cidades inteiras por todo o Brasil e outros três países. Ele vem transformando a arquitetura paisagística do mercado imobiliário e do Brasil. Vencedor do Prêmio Greening 2013, participou de 49 empreendimentos ganhadores do Prêmio Master Imobiliário. Algumas de suas produções recentes: o Parque Jefferson Peres (AM), a nova cidade de Parauapebas (PA), a Vila Olímpica (RJ), que foi utilizada para alojamento dos atletas em 2016; Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha e as Praças Airton Senna (SP); AV. Paulista – Shopping Cidade São Paulo e Praça Victor Civita (SP). Desenvolveu projeto paisagístico para a Copa do Mundo em 2014 e para as Olimpíadas de 2016.

 

LETICIA SABINO

Caminhante. Mestre em Planejamento de Cidades e Design Urbano pela UCL em Londres. Administradora de empresas pela FGV – EAESP, com pós graduação em Economia Criativa e Cidades Criativas. Fundadora e Diretora do SampaPé!, organização que atua desde 2012 para melhorar a experiência de caminhar nas cidade. Co-fundadora da Cidadeapé – Associação pela Mobilidade a Pé em São Paulo e da Rede Latinoamericana por Cidades Caminháveis. Idealizou e mobilizou a Paulista Aberta e tem também o projeto artístico sobre caminhar no Instagram @porondeandeisp

 

LUCIA PORTO

Arquiteta paisagista, diplomada pela Escola de Arquitetura da UFMG Nos anos 70 projetou para a Prefeitura de São Paulo dezenas de áreas livres e praças tendo atuado também no setor de Planejamento Urbano. Sócia Diretora do escritório Sidonio Porto Arquitetos Associados. Presidente da ABAP, gestão 2002 / 2004. Participou de todas as Bienais de Arquitetura, e de Exposições nacionais e internacionais. Prêmios recentes: 2002 – Premio IAB/SP (Arquitetura Paisagística) 2002 – Bienal Internacional de Quito (Arquitetura Paisagística) 2006 – 1ª. Premiação Internacional ABAP. Entre seus principais projetos estão Plano de Paisagem e do Transporte, Ouro Preto – MG; Arquitetura Paisagística Sede Petrobras, Vitoria – ES; Museu Aberto Instituto Geociências, Campus USP – SP; Arquitetura Paisagística Campus Industria Flextronics – SP; Arquitetura Paisagística Paço Nova Ponte – MG; Arquitetura Paisagística Brastemp, Rio Claro – SP; Praça Vinicius de Moraes, Morumbi – SP; Praça Jardim Mojolo, Freguesia do Ó – SP.

 

LULA GOUVEIA

Lula Gouveia, sócio do SuperLimão Studio, Arquiteto e Engenheiro formado pelo Mackenzie. SuperLimão Studio é um time criativo e multidisciplinar que desenvolve projetos de arquitetura e design, com a missão de identificar e prever comportamentos que estimulam a relação entre as pessoas e o espaço em que interagem. A equipe procura entender os fluxos e as atividades dos espaços como uma extensão do indivíduo e criar ferramentas com potencial para o desenvolvimento de novas tecnologias, buscando por novas linguagens estéticas inspiradas no dia a dia reunindo a funcionalidade, a simplicidade, a estética e o prazer. Nos últimos 17 anos, o estúdio soma mais de 150 projetos executados, nos quais colaboramos para a geração de novos negócios ou para o reposicionamento de marcas, fazendo da Arquitetura uma ferramenta para a materialização das ideias.

 

MELI MALATESTA

É arquiteta e urbanista formada pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie. É mestra e doutora em Mobilidade Urbana Ativa – Mobilidade a Pé e Cicloviária pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. Sua vida profissional com 35 anos de CET foi totalmente voltada à Mobilidade Ativa onde participou e coordenou em políticas e planos para pedestres e ciclistas. Atualmente trabalha como consultora em políticas públicas, planos e projetos para a Mobilidade Urbana Ativa. Como professora, ministra palestras e cursos de capacitação, pós graduação e especialização para gestão e políticas públicas nesta área. Também é a idealizadora e presidente da Comissão Técnica de Mobilidade a Pé e Acessibilidade da ANTP, conselheira de ONGs e blogueira do Pé de Igualdade, um dos blogs do Portal Mobilize. É autora dos livros: “Pé de Igualdade”, publicado pela Editora Prismas, e “A Rede da Mobilidade a Pé”, publicado pela Editora Annablume.

 

Matéria atualizada no dia 9 de julho de 2019

 

error: Para compartilhar esse conteúdo, use o link ou as ferramentas de compartilhamento do site da revista ÁREA e contribua para a valorização do jornalismo especializado.
X
X