Notícias

Concurso de arquitetura define projeto para novo espaço de instituição social de Curitiba

O projeto proposto pelos arquitetos Camila de Melo Paganelli e Vincenzo Balistieri Perciavalle, de Itajaí (SC), foi o grande vencedor do concurso de ideias organizado pela AsBEA Paraná para o novo espaço que será construído no Lar Infantil Sol Amigo, instituição assistencial de Curitiba que abriga crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social, com idades entre 0 e 20 anos.

A iniciativa do concurso foi da Agisa Containners, que doará um módulo habitável para a criação de um espaço pedagógico na instituição, contemplada pelo projeto Mueller Ecodesign Social, realizado há quatro anos pelo Shopping Mueller. O patrocínio é da Todeschini Água Verde. O Lar Infantil Sol Amigo será o beneficiado por ter sido a instituição vencedora na votação realizada pela internet pelo projeto, conquistando 4.917 votos.

“Através do concurso, conseguimos reunir criatividade e inovação em projetos muito diferenciados, conforme foi possível observar nos resultados apresentados pelas equipes. E ainda, o aprendizado agregado em todo o processo propicia uma elevação de qualidade técnica e profissional dos envolvidos. É um aprendizado coletivo, muito mais na prática do que cada um aprende no seu escritório e isso faz toda a diferença na carreira do arquiteto e na arquitetura como um todo”, salienta Keiro Yamawaki, presidente da AsBEA-PR.

 

 

Além do projeto vencedor, outros dois projetos de arquitetura foram premiados e outros três receberam menções honrosas. No total, 15 projetos, de diversos estados do Brasil, foram avaliados.

Confira os premiados:

1º Lugar: Arquitetos Camila de Melo Paganelli e Vincenzo Balistieri Perciavalle (Itajaí/SC)
2º Lugar: Arquitetos Guilherme Cunha e Roger Peicho (Niterói e Nilópolis/RJ)
3º Lugar: Arquiteto Eduardo Baptista Lopes e estudantes de arquitetura e urbanismo, Artur Guilherme Bernardoni e Mariah Vieira Mafra (Itajaí, Balneário Camboriú e Itapema/SC)

– Menção Honrosa Especial: Arquitetas Aline Gabardo e Julia Sabbag (Curitiba/PR)
– Menção Honrosa: Arquiteto Rodolfo Marques Sastre e estudantes de arquitetura e urbanismo, Bruna Corol Quadros, Mariana Ludwig Klein, Regiely de Souza Gai e Thais Borges dos Santos (Curitiba/PR)
– Menção Honrosa: Arquiteta Claudia Pires Nunes Pereira e estudantes de arquitetura e urbanismo Camila dos Santos e Carolina Mudry (Curitiba/PR)

A Comissão Julgadora foi formada pelos profissionais Keiro Yamawaki (arquiteto e presidente da AsBEA-PR), Álvaro Valenza Manocchio (engenheiro da AGISA Containners),  Helder Yurk Vizinoni (designer da Todeschini Água Verde), Marcelo Calixto (arquiteto do Projeto Mueller Ecodesign), Alexandre Ruiz Rosa (arquiteto e representante das instituições de ensino de arquitetura) e  Fábio Domingos Batista (coordenador da comissão julgadora). A avaliação seguiu critérios de relevância do tema e funcionalidade, apresentação, viabilidade técnica, originalidade para o uso do módulo habitacional Agisa, móveis Todeschini e software Promob, conforto ambiental e contemporaneidade.

A premiação ocorreu na última quarta-feira (8 de agosto) no Lar Infantil Sol Amigo. O primeiro colocado receberá a assinatura do projeto a ser executado pelo Projeto Mueller Ecodesign Social no Lar Infantil, além de prêmios de R$ 5.000,00 e uma viagem para um integrante da equipe. Já o segundo colocado levará para casa R$ 2.000,00 e uma viagem para um integrante da equipe. O terceiro, ganhará a viagem para um integrante da equipe.

 

 

 

Sobre o projeto Mueller Ecodesign Social

Elaborado a partir da Mostra Mueller Ecodesign, realizada entre 2008 e 2013, o Projeto Mueller Ecodesign Social nasceu sob mesmo pilar da mostra de arquitetura e design de interiores: a sustentabilidade. A principal proposta, quando foi criado o projeto, era de levar a exposição do Shopping Mueller para espaços reais, amparando diretamente o público. Em todas as edições, o objetivo sempre foi o mesmo: alcançar os jovens, beneficiando-os diretamente com as melhorias realizadas no local onde frequentam.

Em sua primeira edição, em 2014, o projeto atendeu a Casa do Piá 1. Já a segunda edição, em 2015, contemplou a Casa das Meninas do Novo Mundo. A terceira edição do projeto, reformou o Portal do Futuro do Bairro Novo, e a quarta edição revitalizou o Lar Batista Esperança, as quatro instituições curitibanas. Na edição de 2018, os coordenadores técnicos convidados pelo Shopping Mueller, continuam sendo a arquiteta Rose Guazzi e o arquiteto e paisagista Marcelo Calixto.

 

error: Para compartilhar esse conteúdo, use o link ou as ferramentas de compartilhamento do site da revista ÁREA e contribua para a valorização do jornalismo especializado.
X
X