Notícias

Com ‘foco no essencial’, Casa Cor Paraná ocupa imóvel tombado de Curitiba

Por junho 14, 2017 Sem comentários

 

A mostra paranaense da Casa Cor chega à sua 24ª edição e, em 2017, destaca como espaço o Jockey Club do Paraná. A proposta deste ano é o “Foco no Essencial”, em 42 ambientes projetados por 62 profissionais de arquitetura, decoração, design e paisagismo.

Fiel a seu compromisso de recuperação do Patrimônio Arquitetônico de Curitiba, Casa Cor Paraná escolheu, para sede deste ano, o icônico imóvel que iniciou a história do Jockey Club do Paraná. O projeto conta com um retrofit do imóvel histórico, patrimônio protegido por Tombamento Estadual, onde são apresentados ambientes residenciais e, aproveitando os espaços originais, áreas de gastronomia, para implantar o Café e Resto-Bar, ambientes tradicionais e esperados pelo público da mostra. Complementa o evento, o aproveitamento do grande jardim onde estão instalados alguns  setores, como Espaços Corporativos e um setor de Gastronomia com Clube de Gourmets e Salão para Eventos. E, ainda, no parque de eucaliptos vizinho ao prédio, foram instalados um Boulevard  de Contêineres.“Nosso boulevard de contêineres é palco para a criatividade de nossos expositores que foram convidados a propor temas livres, dando asas à sua imaginação e o resultado está surpreendente”, destaca Marina Nessi, diretora da mostra paranaense.

O imóvel

A antiga sede administrativa do Jockey Club do Paraná abriga a segunda entidade de turfe mais antiga do Brasil e agora recebe a Casa Cor Paraná. A história do Jockey Club do Paraná teve início no dia 02 de dezembro de 1873, com a eleição de sua primeira Diretoria, e tinha como sede o Prado Jácome, localizado onde hoje existe o Asilo Nossa Senhora da Luz (Rua Marechal Floriano Peixoto). O Clube de Corridas Paranaense continuou promovendo suas reuniões nesse local, que na década de 1880 passou a ser chamado Prado Curitibano, até os últimos anos daquele século.

No final do século, as exigências do público eram por melhores instalações e a sociedade passou a trabalhar na construção de um novo espaço. No ano de 1897 foram tomadas as primeiras iniciativas para a construção da nova sede no Guabirotuba. O Club de Corridas Paranaense conseguiu construir o Hipódromo do Guabirotuba, com a venda do terreno Prado. Foi inaugurado em 25 de junho de 1899.

No dia 31 de agosto de 1950, o então Governador Moyses Lupion autorizou a reavaliação do terreno do Club, oportunizando que o terreno do Guabirotuba passasse para o Estado e uma área no Bairro Tarumã foi repassada ao Jockey. No dia 10 de dezembro de 1955 foi inaugurada a então nova sede do Jockey Club do Paraná, no bairro Tarumã, onde está até hoje. Por sua história e importância, em 2005, essa sede foi tombada como patrimônio histórico.

Além da Sede Administrativa, onde acontece a edição 2017 da Casa Cor Paraná, o clube conta com uma estrutura completa para a prática do turfe, como duas pistas de areia, sistema de iluminação, casas de apostas, três arquibancadas (social, popular e paddock), um passeador, lanchonetes, playgrounds, três salões para eventos (Salão Nobre, Salão Bento Munhoz da Rocha Neto e Salão Almeida Prado), 59 grupos de cocheira (que abrigam 742 animais), quatro picadeiros, Hospital Veterinário, Escolinha de Preparação de Jóqueis.

Confira alguns ambientes na Galeria abaixo.

Fotos: Daniel Sorrentino | Divulgação Casa Cor Paraná

 

Serviço:

CASACOR PARANÁ 2017

Local:  Jockey Club do Paraná

Endereço: Av. Vitor Ferreira do Amaral, nº 2291, bairro Tarumá – Curitiba – Paraná

Período: 4 de junho a 16 de julho de 2017.

Horários de Visitação

♦ Segunda-feira não terá exposição

♦ Terças à sextas-feiras: das 15h às 21h

♦ Sábados e feriados: das 13h às 21h

♦ Domingo: das 13h às 19h

Ingressos:

Inteira: R$ 46,00

Meia: R$ 23,00

Clube do Assinante Gazeta do Povo: R$ 33,00

Vendas na bilheteria da CASACOR Paraná ou no site: https://www.blueticket.com.br/19799/CASACOR-2017-Parana/