Notícias

Jovem arquiteto paranaense vence concurso de ideias para campus da Bauhaus no Brasil

Recém-formado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Estadual de Maringá (UEM), Gustavo Bondezan Cardoso foi o vencedor da 30a edição do concurso de ideias realizado pelo Portal Projetar.org. O desafio proposto a acadêmicos e profissionais recém-formados foi o projeto de um hipotético campus da Bauhaus, em alusão aos 100 anos da fundação da Bauhaus, escola alemã que revolucionou o ensino e a produção em arquitetura e design.

A proposta deveria considerar a implantação da Escola Bauhaus ao lado do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, onde Max Bill idealizou uma das primeiras escolas de design do Brasil, fundamentada nos preceitos da Bauhaus e da sua sucessora alemã, a Escola de Ulm. A instituição está localizada no Aterro do Flamengo. Gustavo planejou um espaço de ensino e de trocas e que se integra totalmente ao local privilegiado que ocupa. Neste sentido, considerou um plano contemporâneo, voltado para a orla e para os jardins. Clique aqui e acesse o detalhamento da proposta vencedora.

Para o júri, os pontos fortes da sua proposta foram a permeabilidade visual e a escala humana do edifício. Como prêmio, Gustavo receberá R$ 2,3 mil, além do certificado e a publicação do projeto no portal e divulgação em revistas e portais parceiros do Projetar, como a revista ÁREA. Os jurados foram Thorsten Nolte (UrbaneGestalt /Atelie 77 – Alemanha/Rio de Janeiro), Igor Campos (Studio MRGB – Brasília) e Renata Bolliger (Índio da Costa A.U.D.T – São Paulo/SP).

 

Proposta de reflexão

O concurso foi um convite aos acadêmicos e jovens profissionais a refletirem sobre a trajetória da arquitetura e do design brasileiro, e também sobre o seu futuro, deixando-se inspirar pelo clima de experimentação que levou a Bauhaus a criar soluções revolucionárias para enfrentar um momento desafiador, no qual o futuro era desconhecido.

A segunda colocação foi concedida a equipe do recém-formado Lucas Zabeu Cunha e aos acadêmicos Amanda Ferreira Paiva Moreira, Luiz Felipe da Costa Sakata, Mariana da Silva Gonçalves e Débora Nojiri de Moraes Arruda da Universidade de São Paulo – USP, de São Paulo/SP. Para o júri, os pontos fortes desta proposta foram a apresentação, a compreensão do tema e o diálogo com o MAM.

A terceira colocação foi para a equipe formada pelos acadêmicos Ana Luiza Bemquerer, Helio Rodrigues Lima e Bruno Mesquita Monnerat da Universidade Santa Ursula – USU, do Rio de Janeiro/RJ. Para o júri, os pontos fortes desta proposta foram a funcionalidade e a resolução dos espaços.

Na condição de menção honrosa foi indicada a proposta do recém-formado Mário Rubem Costa Santana e do acadêmico Rafael Lamary Silva Santos da Faculdade Independente do Nordeste – Fainor–Vitória da Conquista/BA. Para o júri, os pontos fortes desta proposta foram a apresentação e a solução construtiva.

Esta 30a edição registrou 56 inscrições, de diversos estados brasileiros e, também, do exterior. A próxima edição do concurso do Portal Projetar propõe o projeto do Parque Minhocão, em São Paulo (SP). As inscrições devem ser feitas até o dia 13 de maio. Clique aqui e saiba mais.

 

X
X