fbpx
Notícias

Anunciados os vencedores da primeira edição do Prêmio AAInteriores

Por novembro 19, 2020 Sem comentários

A Associação de Arquitetos de Interiores do Brasil/RS (AAI Brasil/RS) anuncia os vencedores da primeira edição do Prêmio AAInteriores, realizado pela entidade para valorizar o trabalho de profissionais que atuam em Arquitetura de Interiores no Rio Grande do Sul, e reconhecer o aprendizado de acadêmicos na graduação em Arquitetura e Urbanismo em cursos de instituições de ensino gaúchos. Os vencedores foram eleitos pelo público, em votação realizada na página do prêmio na internet, a partir dos dois finalistas por cada categoria apontados pela análise da Curadoria convidada.

Na Categoria Trabalho de Profissional, o vencedor foi Foyer Poema, de autoria da arquiteta e urbanista Ingrid Stemmer, da Stemmer Rodrigues Arquitetura, de Porto Alegre (RS). Na Categoria Estudo de Acadêmico, o vencedor foi Apto. Urban Chic – Drops de Menta, de autoria de Guilherme Friggi Beque, acadêmico da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões – URI Campus Santiago (RS), sob orientação da professora Nelcy Fátima Denti Brum. O projeto Cambará Container, de autoria dos arquitetos e urbanistas Saymon Rech Dall Alba e Mégui Pezzi Dal Bó, de Caxias do Sul (RS), conquistou Menção Honrosa no Prêmio AAInteriores conforme indicação da Curadoria.

“Criamos este projeto, em 2020, para evidenciar a Arquitetura de Interiores de todo o Estado. Tivemos inscritos de várias cidades e o interesse na premiação conferiu importância e destaque aos variados trabalhos concorrentes. Pra AAI Brasil/RS, os premiados qualificaram não apenas a atividade, mas a todos os participantes do Prêmio AAInteriores, os profissionais e os acadêmicos”, afirma a arquiteta e urbanista Gislaine Saibro, presidente da AAI Brasil/RS.

Como prêmio, os vencedores receberam troféus produzidos com exclusividade para o Prêmio AAInteriores pela arquiteta e urbanista Karen Haas, diretora da BRD. “Acreditamos que peças automotivas descartadas podem virar obras de arte e objetos de design aplicado. Com esse intuito, ao recebermos o convite da AAI Brasil/RS para desenvolvermos 2 troféus para o Prêmio AAInteriores em 2020, na Categoria Trabalho de Profissional e Categoria Trabalho de Acadêmico, buscamos também inovar para além de um prêmio tradicional, criando esculturas utilitárias, iluminadas, de peças automotivas recicladas, reagrupadas, cujo significado, além de premiar o mérito dos vencedores, é passar uma mensagem mais responsável e sustentável”, explica Karen.

Sobre a escolha dos vencedores

Os vencedores foram os mais votados durante o período de votação aberta on-line, entre os dias 10 e 31 de outubro. O Foyer Poema recebeu 376 votos (56.04%) e o Apto. Urban Chic – Drops de Menta recebeu 672 votos (70.89%). No total, foram registrados 1.619 votos válidos entre os quatro finalistas.

Os quatro finalistas, sendo dois de cada categoria, foram os que obtiveram maior pontuação atribuída na seleção, sem identificação dos participantes, realizada pela Curadoria convidada. Na análise, foram considerados critérios como conceito, materiais, uso de cores, iluminação, acessibilidade e/ou sustentabilidade – sendo esse último um pré-requisito para participação. A Curadoria foi formada pelos arquitetos e urbanistas Vera Mascarello, professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Unisinos; Débora Noronha, associada à AAI Brasil/RS; Cármen Lila Pires, ex-presidente da AAI Brasil/RS; Cláudio Fischer, professor e conselheiro representante do CAU/RS; pela acadêmica de Arquitetura e Urbanismo Francieli Schallenberger, representante da FENEA; e pela jornalista Fabiane Madeira, Diretora da Feed Marketing e Conteúdo.

Em sua primeira edição, o Prêmio AAInteriores é uma iniciativa da AAI Brasil/RS que conta com o apoio de AsBEA/RS, IAB/RS, FENEA, Saergs e Sindividros/RS e com o patrocínio do CAU/RS.

 

Saiba mais sobre  os projetos vencedores

Foyer Poema

“Ressigni­ficamos o salão de festas em uma nova experiência. A ideia é de um espaço fora do ar, mas que possua todas as amenidades para sentir-se nele. Livros compartilhados na estante, aconchegantes poltronas, lareira e demais elementos compõem um recanto, intimista como a poesia”. Esse é o conceito do Foyer Poema, espaço de uso comum de condomínio residencial projetado pela Stemmer Rodrigues Arquitetura e Incorporação no bairro Petropólis, em Porto Alegre (RS). De autoria da arquiteta e urbanista Ingrid Stemmer, diretora de projetos da empresa, o Foyer Poema conquistou o Prêmio AAInteriores 2020 na categoria Trabalho de Profissional.

O espaço está localizado no interior do volume de concreto e madeira que compõe a base do edifício, projetado a partir da valorização de propostas minimalistas, com elementos construtivos que trazem autenticidade em sua estética. O Foyer Poema foi planejado para prever tanto o uso apenas dos proprietários quanto para eventos, além de áreas destinadas ao preparo de alimentos, jantar e estar. A integração entre todas estas funções era primordial, assim como a permeabilidade com os jardins que o cercam. Clique aqui e saiba mais.

Fotos: Lucas Frank / Divulgação

Urban Chic – Drops de Menta

Explorar os chamados estilos industrial e retrô de forma inclusiva, integrando-os de maneira harmônica. Essa foi a proposta do acadêmico de Arquitetura e Urbanismo Guilherme Friggi Beque para o Apto. Urban Chic – Drops de Menta. O trabalho foi vencedor do Prêmio AAInteriores 2020 na Categoria Estudo de Acadêmico. O trabalho foi desenvolvido sob a orientação da professora Arq. Me. Nelcy Fátima Denti Brum na disciplina Arquitetura de Interiores I – 7º semestre da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões – URI Campus Santiago (RS).

Na proposta, Guilherme idealizou, como clientes, um jovem casal, com um filho de dez anos, que gostam do conforto do lar e adoram cozinhar. Ter espaço para essa prática era essencial, pois, para a família, o momento da alimentação é importante para conexão entre eles e também com os amigos, aos finais de semana. Assim, era preciso planejar uma cozinha espaçosa, funcional, integrada com a área de serviço e, ainda, criar espaços para lazer, para leitura, para exposição dos livros colecionados pelo cliente e das obras de arte preferidas pela mulher. Era importante explorar o estilo industrial e o estilo retrô – preferidos do casal. Clique aqui e saiba mais.

Imagens: renders produzidos por Guilherme Friggi Beque

 

X
X