Eventos

‘Amarelinha Reflexiva: um tour interativo pela Bienal’ é uma das oficinas que serão oferecidas até fevereiro

Por janeiro 19, 2019 Sem comentários

A Bienal Internacional de Arte Contemporânea de Curitiba 2018 | 25 anos, em parceria com o Educativo da Bienal, promove uma série de oficinas interativas e práticas para crianças e adultos nos meses de janeiro e fevereiro, no Museu Oscar Niemeyer (MON). As oficinas serão realizadas a partir de uma visita guiada pelos mediadores do Educativo da Bienal no MON. Após a visita, acontecerá a prática das atividades.

A Bienal de Curitiba ofertará duas oficinas distintas: uma para o público infanto-juvenil e outra para o público adulto. As oficinas foram iniciadas no dia 16 de janeiro e se estenderão até o dia  de 27 de fevereiro, acontecendo sempre quinzenalmente. As inscrições para participar das atividades devem ser realizadas via e-mail.  Os interessados devem mandar o nome completo para: educativo@bienaldecuritiba.org, com o nome da oficina no assunto do e-mail.

Oficina infanto-juvenil

A primeira oficina, que recebe o nome de “Amarelinha Reflexiva: um tour interativo pela Bienal”, propõe a reflexão acerca das obras interativas da edição da Bienal de Curitiba deste ano, sendo esta para o público a partir de 11 anos.

A oficina, que acontecerá às quartas-feiras, terá início com uma visita guiada para um grupo de no máximo 15 pessoas, focando na imersão das obras interativas da Bienal presentes no MON. A visita iniciará na obra “Rayuelarte”, onde será abordado o trabalho da arte educadora Patrícia Pellegrini sobre a vida e obra da artista Marta Minujín. Após, o grupo segue para a obra QUE SOY, de Dolores Cáceres, para uma reflexão acerca dos espaços ocupados pelas obras de arte e intervenções da arte contemporânea.

Por fim, o grupo passará pela obra Fábrica de Pipas, do brasiliense Christus Nóbrega. Esta obra dialoga com a exposição do artista na Sala 09 do MON (“Dragão Floresta Abundante”). A oficina será finalizada com uma dinâmica. Nesta, serão divididos dois grupos para a criação de duas amarelinhas com desenhos cronológicos sobre a visita que participaram. Em seguida, haverá um debate sobre o que mais gostaram e entenderam.

Oficina para adultos

A segunda oficina, que acontecerá aos sábados, será oferecida ao público adulto e tem o nome de “Desafios e possibilidades de um relacionamento inspirada na obra ‘Only You’ de Leonardo Kossoy”. A atividade terá início com uma visita mediada à exposição “Mergulhador” de Leonardo Kossoy, dando ênfase à série “Only You”. Na mediação serão desenvolvidas reflexões sobre: pensamento binário/dualidades, individualidades, singularidades e relacionamento a dois. Em seguida, os visitantes serão conduzidos ao espaço de realização da oficina.

Inicialmente, os mediadores irão estimular os participantes a refletirem sobre os desafios e possibilidades de um relacionamento social ou afetivo. Depois deste momento, os participantes serão divididos em duplas para compartilharem suas reflexões. A partir disso, irão desenvolver uma poética que possa representar a relação estabelecida entre a dupla durante o processo de criação da obra. Ela deverá ser manifestada graficamente no tecido com as canetinhas, demarcando o corpo no voal. Além disso, os participantes poderão fotografar sobre o tecido, fazendo uma alusão à sequência fotográfica de “Only You”.

Informações

Amarelinha reflexiva: um tour interativo pela Bienal

Datas: 16/01, 30/01, 13/02, 27/02 (quartas-feiras)

Entrada gratuita

Idade: A partir dos 11 anos

Início: 15h

Duração: +/- 03 horas

Concentração: 14h45 em frente ao Café do MON

Desafios e possibilidades de um relacionamento inspirados na obra ‘Only You’ de Leonardo Kossoy

Datas: 19/01, 02/02, 16/02

Grupo: Sábado / Entrada: 20,00 inteira ou 10,00 a meia

Idade: A partir dos 18 anos

Início: 15h

Duração: +/- 02 horas

Concentração: 14h45 em frente ao Café do MON

Leia também: 

Prorrogada, Bienal de Curitiba | 25 Anos segue até março com programação variada

X
X